segunda-feira, 16 de julho de 2012

No meio do caminho, desisti.

Partilhar


Desisti no meio do caminho.
Desisti porque lembrei do passado. Cenas felizes, beijos ardentes, confissões sussurradas, sorrisos, lágrimas e reconciliações febris... bumerangues humanos numa brincadeira dolorosa.
Desisti no meio do caminho porque me perguntei o que aconteceria depois dali e não obtive respostas. Incertezas me assustam. Sou uma pessoa planejada, gosto de rotina e qualquer imprevisto me deixa perdida.
E por fim, no meio do caminho desisti porque percebi que eu tenho futuro e não poderia alcançá-lo se continuasse assim, sonhando e vivendo para trás.

3 comentários:

Gislane Mendes disse...

lindo lindo amigaa!
adoreii...beijos

Sergio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sergio Cunha disse...

Pensando varias coisas ao mesmo tempo.

Postar um comentário