sábado, 25 de setembro de 2010

É apenas uma praça e um potinho de sorvete

Partilhar
A gente não se vê já algum tempo e eu confesso que ainda sinto saudade, de vez em quando. E hoje a saudade foi mais forte, simplesmente porque resolvi sair um pouco de casa, me distrair, sabe? Mas o meu coração traiçoeiro e os meus pés já acostumados me levaram justamente para aquela praça, aquela que você dizia que lembrava o primeiro beijo. Então vi o homem do sorvete e aí eu lembrei das vezes que estando lá, você o avistava de longe e saia correndo para comprar o meu sabor preferido, mesmo não gostando muito de morango, comprava só para me agradar.
Você me conhecia tão bem... Nunca mais encontrei ninguém com curiosidade/coragem suficiente para querer entrar nesse meu confuso mundo de múltiplas cores.
Ei, queria saber se você está bem? Se melhorou daquela gripe, se curou aquela unha encravada, se continua tomando as suas vitaminas? É, eu sei você não vai responder, nem quer, tudo bem. Queria saber se ler meus textos, se sabe que tenho um blog, ou se ainda lembra que eu tenho. Ah, esquece vai, era só uma praça e um potinho de sorvete!

2 comentários:

JOANILSONBART disse...

nossa ED seu blog esta muito bacana, to gostando memso das coisas que estou lendo aqui, assim vou ficar mais apaixonado aqinda do que ja sou por vc princesa eletrica!!!

lindo esse seu texto ai!!

joanilson serra

Edvanne Sabino disse...

rsrsrsr. Que bom que está gostando, te dollo muito anjinho.

Postar um comentário